Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Semente de Girassol

Simplificando as complicações...

Semente de Girassol

Simplificando as complicações...

27.11.19

Cogumelos no forno com bacon e queijo creme


semeado por Flora

cogumelos.jpg

Esta é uma receita fácil para uma deliciosa entrada, ou para uma refeição leve. Apenas precisa de cogumelos Portobello, fatias finas de bacon e queijo creme.

Lavam-se os cogumelos e retira-se os pés (guardar para colocar na sopa, num arroz, ou qualquer outra receita…). Preencher as “cabeças” dos cogumelos com queijo creme de barrar. Temperar a gosto com ervas e alho em pó.

De seguida, enrolar cada cogumelo com uma fatia de bacon, prendendo com um palito. Vai ao forno a 200º até ficarem com um aspeto apetitoso.

cogumelos-2.jpg

 

27.11.19

Lasanha Bolonhesa


semeado por Flora

lasanha.jpg

A minha lasanha bolonhesa é sempre um sucesso quando há convidados. É uma das receitas da minha infância, que não tenho coragem de alterar pois é mesmo deliciosa! Na minha opinião, quando a minha mãe a faz sai sempre melhor que a minha, mas para quem não tem termos de comparação, a minha é 5 estrelas ;).

É um prato que tem a vantagem de poder ser preparado com alguma antecedência e depois na hora é só colocar no forno durante meia hora para finalizar.

A carne tem que ser cozinhada por duas horas para ficar bem apurada. Aqui vai a receita para um pirex médio:

- Massa de lasanha fresca

- 600g Carne de bovino picada (convém pedir para picar na hora no talho, para evitar carne de fraca qualidade e potencialmente contaminada, com um chouriço picado em simultâneo)

- Uma cebola grande

- Dois dentes de alho

- Lata grande de tomate pelado

- Polpa de tomate q.b.

- Cubo de galinha

- Sal, pimenta, orégãos

- Uma pitada de açúcar

- Queijo mozarela ralado

- 0,5L Leite

- 50g manteiga

- 50g farinha

- Noz-moscada

- Azeite

- Folhas de manjericão (opcional)

 

Preparação da carne:

Pica-se grosseiramente a cebola e os dentes de alho levando a refogar em azeite. Junta-se o tomate pelado cortado em pedaços ou esmagado com a mão e reserva-se o líquido na lata. Tempera-se com sal, pimenta e orégãos e deixa-se apurar um pouco. Juntar depois a carne, desfazendo-a com um garfo, até alourar bem. Despeja-se depois o líquido da lata de tomate, junta-se o cubo, um pouco de polpa de tomate e deixa-se ferver. Baixar a temperatura do fogão para o mínimo, colocar uma tampa e deixar cozinhar lentamente para que a carne absorva todos os sabores. Passado meia hora, mais ou menos, provar, cheirar e retificar os temperos. Deixar cozinhar até fazer um total de duas horas. Acrescentar mais orégãos e uma pitada de açúcar a gosto. Misturar bem.

Molho bechamel:

À parte, fazer o molho bechamel, com a manteiga, a farinha e o leite, que pode ser feito do modo tradicional ou seguindo a receita do robot de cozinha (é como eu faço). Temperar bem com sal, pimenta e noz-moscada. Não deve ficar muito grosso. Para a lasanha é preferível um bechamel fluido.

Montagem da lasanha:

Pincelar o fundo de um pirex com azeite, colocar uma camada de massa de lasanha, seguido de uma camada de carne, regar com bechamel (não muito) e polvilhar com um pouco de queijo ralado. Repetir as camadas, doseando bem para alcançar preferencialmente 4 camadas. A última camada de bechamel deve ser mais generosa, e termina-se com uma camada de queijo ralado. Pode colocar-se por cima algumas folhas de manjericão para perfumar a lasanha e leva-se ao forno pré-aquecido a 180º, durante meia hora.

08.11.19

Ecoponto sem Segredos


semeado por Flora

ecoponto.jpg

São tantas as dúvidas e o ceticismo das pessoas em relação à separação dos lixos e sua colocação nos ecopontos! Ou será apenas uma desculpa para não o fazerem?

Após uma pesquisa pela internet, deixo aqui alguns tópicos que poderão ajudar a esclarecer as dúvidas.

  1. Os lixos que colocamos no ecoponto não são misturados pelas equipas que os recolhem!
    Apesar de por vezes a recolha dos diferentes ecopontos ser feita para dentro do mesmo veículo, a verdade é que são armazenados em compartimentos separados e nunca são misturados.
  1. Devemos espalmar as embalagens sempre que possível.
    É um bom princípio espalmar tanto o lixo que vai para o ecoponto como o lixo indiferenciado, de forma a ocupar menos volume.
  1. Não é necessário lavar as embalagens.
    Há quem lave, há quem não lave e há quem diga que tem que se lavar. Eu própria tenho por hábito passar tudo por água, para evitar maus cheiros, sujidades e pingos na hora de levar o lixo para o ecoponto. A verdade é que estamos a desperdiçar água ao faze-lo. Basta escorrer bem as embalagens e pronto.
  1. Papeis molhados e engordurados ficam fora dos ecopontos.
    Papeis molhados ou engordurados não podem ser reciclados, logo não devem ser colocados no ecoponto. Neste sentido, ficam também de fora os lenços e guardanapos de papel usados e toalhitas.
  1. Materiais mistos não devem ir para o ecoponto.
    Por exemplo, papel plastificado, papel vegetal, papel autocolante…
  1. O esferovite vai para o ecoponto amarelo.
    Além dos plásticos e dos metais, o ecoponto amarelo é também adequado para colocar esferovite.
  1. Embalagens Tetrapack
    As embalagens Tetrapack (embalagens de leite, sumos, polpa de tomate, etc.) devem ser colocadas no ecoponto AMARELO.
  1. Há vidros e vidros e isto é muito importante!
    Não podemos colocar lâmpadas, copos de cristal ou louças no ecoponto. Na dúvida, o melhor é colocar apenas as embalagens de vidro, como garrafas, frascos e boiões e deixar outros objetos que achamos que são de vidro fora.
  1. Separar os materiais
    Não devemos colocar os frascos ou as garrafas de vidro no ecoponto verde com as tampas. Devemos retira-las e coloca-las no ecoponto amarelo.
    Do mesmo modo, é aconselhável separar as argolas de um caderno, separar o plástico dos envelopes com janela, separar a parte plástica dos blisters da parte de cartão, etc.

  2. O lugar das pilhas é no Pilhão.
    Quanto a isto não pode haver dúvidas. As pilhas não entram no ecoponto azul, nem no amarelo, nem no verde! O lugar delas é no pilhão, que é vermelho.